" />
  
x
01 Jun BP 162: Sexo vende?

O estudo realizado pelo dinamarquês Martin Lindstrom comprovou que na maioria das vezes que nos deparamos com uma imagem de forte apelo erótico tendemos a nos recordar mais do erotismo em si do que do produto ou marca associados. Muitas vezes a memória está mais relacionada com a polêmica gerada pela imagem do que pela marca em si. Da mesma forma que presenciamos uma banalização do erotismo, e sabemos que a memória vem da polêmica, se essa mecânica continuar, teremos, em breve, uma comunicação com imagens ainda mais explícitas, tornando Calvin Klein quase um escoteiro…

Sem comentários

Deixe seu comentário

Volte para a Home ou saiba mais sobre o serviços de  personalidade da marca e experiência de marca da agência.