" />
  
x
14 Mar Marca pessoal, Marketing pessoal e Auto-ajuda.

 

Muitas vezes vemos vários textos e matérias falando de marca pessoal com um recorte com cara de auto ajuda, vamos usar uma abordagem diferente.

No que se refere a marca pessoal, marketing e o branding também mostram suas diferenças básicas. É comum ouvirmos que fulano de tal é “über competente”, segundo ele mesmo, enquanto os colegas dizem que é tudo “marketing pessoal”.

Essa é uma forma bastante clara de percebermos o conceito de “recepção” que citamos no post anterior sobre as diferenças entre marketing e branding.

Podemos dizer, criando um certo desconforto, que marketing pessoal é o que nós dizemos de nós mesmos, com a intenção de criar uma “imagem na mente do cliente” (NT. odeio essa citação como um todo, “imagem”, “mente” e “cliente”…) sem que isso seja, necessariamente, verdade.

A marca pessoal ou branding pessoal, trabalha da mesma forma que o branding corporativo: emite uma promessa cuja autenticidade deve, necessariamente, ser comprovada. Simples assim.

Claro que não é nada fácil, ser, fazer e parecer de forma alinhada, até porque se fosse fácil todo mundo faria. É preciso clareza sobre quem se é profissionalmente e sobre as suas características, positivas e negativas. Seu posicionamento, suas escolhas, sua personalidade, devem transmitir e traduzir essas características, que nas marcas pessoais são facilmente identificadas como “identidade”. Esse cuidado vai da roupa ao C.V, passando pelo discurso e pela atitude.

Uma marca pessoal não significa uma empresa com o nome do dono, “clínica fulano de tal” ou “fulano de tal advogados associados”.

Na verdade tenho bastante dúvida ( de fato não tenho ) se esses exemplos são marcas pessoais mesmo ou se são marcas baseadas originalmente em uma pessoa, o que pode ser bem diferente.

Uma marca pessoal pode ser a de um funcionário, executivo, operário. “O cara que resolve”, “aquele encostado”, o “que só reclama” são características de algumas marcas pessoais.

Você já pensou como você se comporta e se comunica? ou ainda, se você é uma marca ou um produto?

Sem comentários

Deixe seu comentário

Volte para a Home ou saiba mais sobre o serviços de  personalidade da marca e experiência de marca da agência.